Dicas para cuidar da higiene bucal diariamente

Dicas para cuidar da higiene bucal diariamente

Você já passou por dentistas e teve de realizar algum tratamento bucal? Já teve de tratar de doenças que atingiram essa região? Bom, isso é muito comum e acontece por diferentes motivos, como a falta de higiene bucal e dos cuidados com a dentição ao longo da vida.

 

Neste artigo traremos dicas importantes de como você pode manter a saúde bucal qualificada, indicando práticas e hábitos que são importantes e que poderão transformar a qualidade da saúde dos seus dentes.

Escovação dos dentes

Escovar os dentes é uma prática fundamental da higienização bucal. Com isso, você consegue limpar a região inteira da boca, tanto os dentes, como também a gengiva e a língua.

 

Mas, para que a escovação funcione da maneira adequada, é importante que essa seja uma prática diária e feita com atenção. 

 

Além disso, não basta escovar os dentes apenas uma vez por dia. A recomendação é que essa prática seja executada, ao menos, 3 vezes ao dia, principalmente após as grandes refeições como almoço e janta.

 

Essas ações são importantes para reforçar a estrutura dos dentes e a qualidade da mucosa, devendo ser incentivadas desde o começo da vida.

 

Isso porque esse processo ajuda no combate do acúmulo de bactérias que podem afetar a coloração dos dentes, necessitando futuramente de um clareamento dental, bem como prevenindo inflamações bucais.

Uso do fio dental

Muitas vezes a escovação dos dentes, mesmo que realizada diversas vezes ao dia e com qualidade, não é o suficiente para manter – sozinha – a plena saúde e higiene da cavidade oral.


Isso acontece porque  muitos alimentos, especialmente carnes, frangos e doces, ficam grudados na gengiva, principalmente entre os dentes.

 

Por ser um local de difícil acesso, e as escovas não conseguirem remover esses alimentos que ficam presos, outros aparatos complementares devem ser incluídos na rotina de higienização.

 

Para isso, um instrumento muito indicado por dentistas e que deve ser usado com regularidade, especialmente em quem usa algum tipo de aparelho ortodôntico, é o fio dental.


O fio dental é consegue acessar áreas da cavidades que não são alcançadas pela escova de dente, por ser mais fino e poder ser usado de forma direcionada em regiões da gengiva e espaços entre os dentes.

 

Dessa maneira, você consegue retirar os alimentos e bactérias que ficam nessas regiões, garantindo uma limpeza bucal ainda mais qualificada.


Para quem está passando por tratamentos bucais, como utilizando um aparelho de dente, essa prática é ainda mais fundamental (conforme mencionado), pois os aparelhos também fazem com que os alimentos fiquem presos, principalmente nos modelos fixos por conta da dificuldade de acesso da escova nos espaços entre os bráquetes.

Escolha instrumentos de qualidade

Tanto as escovas de dente como o fio dental são instrumentos fundamentais para a limpeza da boca.

 

Entretanto, é fundamental que você opte por empresas recomendadas, que possuem a qualidade necessária para desenvolver esses elementos com a garantia de bons resultados, além de serem itens adequados às necessidades específicas identificadas em consulta, como dentes mais sensíveis.

 

Mais ainda, além desses dois materiais cruciais, outros itens indispensáveis nesse processo de higienização são os cremes e enxaguantes bucais.

 

Nesse caso, a qualidade do produto faz ainda mais diferença, visto que são esses elementos que de fato realizam a limpeza dos dentes e eliminam as bactérias da cavidade.

Cuidados alimentares

A alimentação também pode ter um impacto direto na qualidade da saúde bucal.


Por exemplo, ao optar por uma dieta balanceada, consumindo verduras, frutas e alimentos que não são prejudiciais para a saúde, os dentes também serão beneficiados, pois muitos desses alimentos possuem propriedades que fortalecem a dentição e contribuem para a regulação da mucosa.

 

O contrário também é válido. Ao exagerar em alimentos gordurosos e, principalmente, no açúcar, a saúde da boca também será afetada. 

 

Isso porque, os açúcares, por exemplo, são alimentos prejudiciais para os dentes, podendo causar diversos problemas e doenças bucais, tais como:

 

  • Gengivite;
  • Periodontite;
  • Cárie;
  • Tártaro;
  • Placa bacteriana.


Quando essas doenças não são tratadas, elas podem evoluir e causar problemas sérios, como a queda dos dentes. 

 

Nesses casos, as pessoas têm de optar por utilizar algum tipo de implante dentário ou realizar outros procedimentos complementares – conforme indicado pelo profissional – já que é imprescindível a presença dos dentes para que a mastigação e a digestão ocorram corretamente.

Acompanhamento odontológico

Dicas para cuidar da higiene bucal diariamente

Para finalizar as dicas de como ter uma saúde bucal de qualidade, não poderíamos deixar de destacar a importância dos dentistas nesses processos.

 

Esses profissionais são especializados nos cuidados com a saúde bucal, realizando tratamentos e procedimentos odontológicos variados, como a lente de contato dental, que qualifica os dentes e ajuda a restabelecer a arcada, ao passo que favorece a estética também.


Dessa maneira, é fundamental que você consulte seu dentista com certa periodicidade, em torno de seis meses, desde os primeiros anos de vida, para que haja a verificação/manutenção da saúde bucal.

 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

 

Leria também: Cursos gratuitos de Noções de Primeiros Socorros