Quais são diferentes tipos de publicidade digital?

À medida que a Internet evolui, o mesmo acontece com as opções de publicidade online. 

 

Na verdade, hoje, existem muitos tipos diferentes de publicidade que você pode integrar em uma estratégia de marketing digital.

 

À medida que o cenário da publicidade digital muda, é importante manter-se atualizado sobre as últimas tendências, técnicas e estratégias.

Quais são diferentes tipos de publicidade digital?

Estas diferentes opções de publicidade online podem ser combinadas para formar uma campanha de 360°, ou podem ser usadas individualmente. 

 

Se você quiser conhecer tanto os diferentes tipos de publicidade online quanto os diferentes formatos de campanha publicitária que você pode usar, continue lendo!

 

  1. Anúncios em mídias sociais

 

Muito semelhante aos Anúncios de Display, que iremos abordar com mais profundidade ainda nesse artigo, os anúncios em Mídias Sociais podem ser qualquer coisa, desde um simples banner ou imagem até um vídeo auto-play.

 

Os anúncios nas redes sociais são ótimos porque você pode atingir seu público com perfeição.

 

No Facebook, ele tem opções de direcionamento como idade, região, interesses, histórico educacional e muito mais.

 

Aqui estão dois tipos de anúncios em Mídias Sociais:

 

  • Orgânico – cria fidelidade e dá a você feedback de seu público alvo
  • Pago – alavancar postos promovidos e alcançar pessoas específicas

 

As melhores plataformas a serem visadas são:

 

  • LinkedIn para vendas B2B
  • Facebook e Instagram para exibição e topo do funil de marketing e vendas
  • Google para anúncios no fundo do funil

 

Outras plataformas a serem atingidas se você tiver o orçamento para isso:

 

  • Twitter
  • Pinterest
  • Tumblr
  • Reddit
  • Youtube

 

Você mesmo pode preparar suas campanhas de Mídia Social ou pode trabalhar com uma agência de marketing para preparar sua campanha.

 

  1. Anúncios de exibição (Display ADS)

 

Os anúncios de exibição evoluíram a partir da forma básica de banners publicitários. Hoje em dia, os anúncios de exibição aparecem como:

 

  • Imagens estáticas – São seus banners básicos ou anúncios quadrados que aparecem em torno do conteúdo.
  • Texto – São anúncios de texto que são criados por algoritmos para tornar os anúncios de texto relevantes ao conteúdo circundante.
  • Banners flutuantes – Banners que se movem através da tela ou flutuam acima do conteúdo do site normal.
  • Anúncios popup – São novas janelas que aparecem na frente do conteúdo do site. A janela recém-aberta exibe o anúncio completo para que os visitantes possam ver.
  • Vídeo – São pequenos anúncios em vídeo que são reproduzidos automaticamente ou aguardam que o vídeo seja reproduzido pelo visitante.

 

Os anúncios de exibição são geralmente muito acessíveis. Se você entrar em contato diretamente com o site de terceiros, seus preços variam de site para site.

 

Alguns sites de terceiros, como a Rede de Display do Google, permitem a segmentação demográfica, geográfica, contextual e/ou comportamental.

 

O que ajuda você a analisar melhor o público que provavelmente estaria mais interessado em seu produto ou serviço.

 

  1. Search Engine Marketing (SEM)

 

A forma mais confiável de publicidade online paga (e também a mais comum). O SEM funciona com base em palavras-chave – você e outras empresas como a sua licitação em palavras-chave através de motores de busca, num esforço para elevar seu site na página de resultados de motores de busca (SERP).

 

Todos os anúncios SEM que aparecem no Google, Bing e outros mecanismos de busca são anúncios de texto. Eles estão listados na parte superior ou lateral da SERP.

 

Os anúncios pagos podem ser Pagamento por clique (PPC) ou Custo por mil (CPM).

 

I – PPC

 

Você escolhe as palavras-chave e seus resultados aparecem no topo da SERP com base em diversas variáveis do leilão.

 

Esta é uma das principais formas de anúncio, uma vez que você só é cobrado quando as pessoas clicam no anúncio.

 

Além disso, é o mais fácil de rastrear durante a campanha.

 

II – CPM 

 

É cobrada uma taxa fixa para 1.000 impressões.

 

Isto facilita a aplicação de um orçamento e você tem a garantia de uma série de “shows” na página de resultados dos buscadores, como o Google.

No entanto, você corre o risco de gastar demais – se ninguém clicar através de você estará pagando por resultados desperdiçados.

 

Além disso, você não pode avaliar ou rastrear a campanha até que ela tenha terminado.

 

Você também pode usar SEM na forma não paga otimizando seu website para palavras-chave (também conhecidas como SEO).

 

Os mecanismos de busca listam os resultados não pagos com base na relevância, portanto, melhorar o SEO de seu site significa que você poderá obter mais visitas gratuitas.

 

A melhor plataforma para SEM é o Google ADS, que lhe permite criar campanhas altamente direcionadas.

 

Para aproveitar ao máximo suas campanhas do Google ADS, fazer um treinamento como o GPA dominio estrategico, do Caio Calderaro, pode ser uma ótima opção.

 

Outra plataforma que é ótima para SEM é o Bing, que tem menos concorrência do que o AdWords.

 

  1. Publicidade nativa

 

Publicidade nativa são aqueles anúncios patrocinados no final de postagens de blogs, que aparecem em seus feeds do Facebook e são postados em outras mídias sociais.

 

Estes conteúdos são integrados e camuflados na plataforma em que aparecem. Você pode promover e publicar sua Publicidade nativa através de redes como Adblade, Adsonar, Outbrain e Taboola.

 

Há várias formas de Publicidade nativa:

 

  • In-feed
  • Busca de anúncios
  • Widgets de recomendação
  • Listagens promocionais

 

  1. Remarketing/Retargeting

 

A melhor maneira de comercializar para as pessoas que já conhecem seu produto e serviço é fazendo remarketing para elas.

 

Quando as pessoas visitam seu site, elas são marcadas por um “cookie”, que nada mais é do que um código que reastreia por onde as pessoas passaram na internet.

 

Enquanto elas vão navegando pela web, seus anúncios aparecem repetidamente para lembrá-las sobre seu produto ou serviço.

 

Esta forma de publicidade é barata e, se bem feita, pode até mesmo ser mais eficaz do que o PPC.

 

Você mesmo pode tentar configurar isso no Facebook Remarketing, Google Remarketing e muito mais.

 

Ou, você pode usar uma plataforma ou provedor de terceiros para configurar suas campanhas de remarketing.

 

 

  1. Anúncios em vídeo

 

Embora os anúncios no YouTube sejam os mais populares e conhecidos dos anúncios em vídeo, existem na verdade vários formatos, tipos e opções de conteúdo diferentes.

 

O que quer que você escolha, os Anúncios de Vídeo estão ganhando popularidade porque atraem a atenção limitada de muitos YouTubers.

 

O YouTube também tem os pequenos anúncios divertidos de Pré-Rolagem (aqueles anúncios curtos… às vezes longos… que aparecem antes do vídeo que você realmente quer ver começar).

 

É realmente uma excelente forma de publicidade nos dias de hoje!

 

  1. Email Marketing

 

Ao sair com Anúncios de Display perto do início da publicidade online, o Email Marketing é uma forma de publicidade mais barata, rápida e eficaz.

 

É uma ótima maneira de fidelizar os clientes e aumentar as vendas.

 

Quando você usa uma boa ferramenta para suas campanhas de e-mail para preparar e enviar seus e-mails, você pode facilmente acompanhar o quão bem eles fazem e monitorar seu ROI.

 

Algumas das principais ferramentas de e-mail marketing atualmente, são:

 

  • Leadlovers
  • MailChimp
  • AWeber
  • ConvertKit
  • GetResponse

Para ter sucesso no e-mail marketing, você precisa primeiro construir uma lista de endereços de e-mail, ou seja, você precisa ter leads.

 

É possível conquistar esses leads usando questionários, ou pode colocar uma simples inscrição no Newsletter em seu site.

 

Depois, você pode enviar campanhas por e-mail com foco em promoções, descontos, recursos ou conteúdo que você postou em seu blog.

 

A maioria dos e-mails é curta e direta, utilizando técnicas de copywriting. Uma mensagem concisa facilita a transmissão de seu ponto de vista e aumenta as conversões.

 

E aí, gostou do conteúdo?

 

Compartilhe abaixo o que achou do post!

 

Continue lendo nosso site!